Criar Negocio

7 Erros Que Novos Empreendedores Cometem

7 Erros Que Novos Empreendedores Cometem

Erros Que Novos Empreendedores Cometem

 

Ao iniciar um pequeno negócio muitas vezes a empolgação e a ansiedade tomam conta do empreendedor que acaba cometendo erros que novos empreendedores cometem.

Em qualquer área da nossa vida, a surpresa e a novidade causam algum sentimento diferente, que pode ser medo, insegurança e até mesmo pânico.

Mas quando se trata de negócios, o início tende a ser também um pouco tumultuado, dependendo do ramo e da experiência do empreendedor.

São tantas dúvidas, será que vão gostar do meu produto, terei clientes e vendas, conseguirei pagar minhas contas.

Diante desse quadro, é importante estar atento para não cometer erros comuns quando se trata de empreendedores iniciantes.

Hoje, vou falar de 5 desses erros.

 

1.Falta De Planejamento

 

A falta de planejamento em negócio é um erro cometido de forma recorrente pelos novos empreendedores, que decorre muitas vezes, da vontade de iniciar. No entanto, é preciso ser um pouco frio na hora de planejar o início do negócio. Tudo deve ser muito bem pensado.

A estrutura, a forma de atendimento, de funcionamento, como fazer a divulgação, o próprio produto em si. Mas não é só isso. Quanto mais planejamento e estruturação melhor. Por isso, é importante fazer um plano de negócio para sua empresa, ainda que seja uma pequena empresa ou uma atividade informal.

O Plano de Negócios é um documento que descreve os objetivos de um negócio e os passos que devem ser dados para que esses objetivos sejam alcançados. Ele serve para validar a ideia, diminuir riscos; planejar a obtenção de recursos; demonstrar a viabilidade do negócio, se funciona; se é o que se espera. É, também, uma forma de nortear a equipe, os funcionários, já que dispõe sobre os objetivos, metas e estratégias da empresa. Além disso, é uma ferramenta útil à gestão.

É claro que a complexidade desse plano, vai depender da sua atividade ou negócio, mas irá ajudar, ainda que sua empresa seja simples.

 

2.Deixar De Investir Em Atendimento Ou Produto Diferenciado

 

Outro erro que novos empreendedores cometem é deixar de investir em atendimento ou produto diferenciado. Isso porque existem em todos os nichos, negócios estabelecidos, com os quais o novo empreendimento irá concorrer.

A concorrência é sadia e faz parte do negócio, mas cabe ao novo empreendedor se diferenciar e conquistar sua fatia de mercado. Para isso, vale a criatividade e inovação no atendimento e no próprio produto.

Em produtos alimentícios, o sabor, a textura e a diferenciação na variedade, são fatores que costumam funcionar. No ramo de serviços, atendimento diferenciado ou personalizado, faz diferença na conquista da clientela, como por exemplo, os lavadores de carro que entregam o veículo com uma limpeza caprichada e acima da média.

Estou sempre sugerindo aqui que o produto ou atendimento seja diferenciado. Pois todo mundo gosta de um serviço de primeira ou um produto inédito.

Quem entra no jogo pra fazer mais do mesmo, corre o risco de não atingir as metas ou ser apenas uma opção.

É o caso da padaria que inicia no mesmo bairro de outras, oferecendo os mesmos serviços, o açougue padronizado, a loja de roupas que oferece os mesmo produtos dos concorrentes.

Atualmente a diferenciação é um elemento muito utilizado pelas lojas, que têm procurado fazer suas próprias marcas. Isso tem ocorrido em sapatarias, supermercados e lojas de roupas. Criando sua própria grife, as lojas conseguem entrar em novo mercado e garantir a diminuição de uma parcela do custo, mas sem deixar de comprar outras marcas, e por isso continuam oferecendo bastante variedade.

 

3. Deixar De Apurar Custos E Resultados

 

A apuração dos custos de produção e das despesas, assim como do resultado, ou seja, do lucro mesmo, é importante para o desenvolvimento do negócio.

É um erro se basear no sucesso apenas com base no dinheiro que entra em caixa.

A soma das vendas é o faturamento da empresa. Mas para verificação do que realmente foi lucro, é necessário subtrair os custos e despesas.

Essa apuração vai permitir encontrar o valor do que realmente está sendo ganho com o negócio.

Deixar de apurar esses valores é um erro que novos empreendedores  cometem na gestão, porque pode levar o empreendedor a ter falsa ideia do que realmente ganha. Além disso, para fazer investimentos é preciso saber qual é o verdadeiro lucro da empresa. Isso porque, assim como uma pessoa física, a empresa não pode se endividar sem ter recursos para pagar suas dívidas.

A apuração do resultado, do lucro, é uma conta simples nos pequenos negócios que depende de anotações do valor do que foi comprado e do que foi investido na produção, nas despesas como água, luz e energia, entre outras. Esses valores deverão ser subtraídos das vendas para apuração do lucro

 

4. Trabalhar Sem Estoque

 

Trabalhar sem estoque é um dos erros que novos empreendedores cometem que compromete a imagem da empresa. Saber calcular o sucesso de um produto e a quantidade da oferta é importante. A falta de mercadoria para venda causa frustração no cliente, que, mesmo que goste do produto, pode acabar buscando outras opções.

Desde o início do negócio é importante estudar e planejar como será feito o estoque e armazenamento. Existem nichos como de bares e restaurantes em que o estoque não é propriamente do produto, mas deve-se estocar a matéria prima para a produção dos alimentos, de forma que não faltem produtos no cardápio.

No caso dos restaurantes, contudo, muitas vezes a compra de matéria-prima depende da época ou estação, o que limita a oferta de determinados produtos. Isso é normal. Mas a descontinuação de um produto como por exemplo, um tipo de roupa ou calçado que tenha bastante procura pode causar algum problema na imagem da empresa.

Por isso, o empreendedor iniciante deve ficar atendo à oferta, à procura dos seus produtos e ao estoque, de modo que não fique em falta com sua clientela.

 

 

5. Trabalhar de Forma Amadora

 

Esse também é um dos erros que novos empreendedores cometem. O fato de um negócio estar começando justifica alguns erros, mas o profissionalismo deve ser buscado sempre.

A evolução do negócio é também evolução pessoal e profissional do empreendedor. Para a clientela ou público, isso se reflete na aparência, nos modos de tratamento, na oferta de determinados produtos. Quando o desenvolvimento do negócio é demonstrado os clientes se sentem mais confiantes e motivados a consumirem produtos e utilizarem serviços.

O profissionalismo pode ser demonstrado em pequenas coisas, como horários, procedimentos de atendimento, divulgação do serviços, layout etc.

Ainda que o negócio esteja começando, o empreendedor deve buscar aplicar os conceitos tradicionais de marketing e empreendedorismo, tratando o cliente com excelência. Nesse ponto, é muito importante deixar os assuntos pessoais de lado, saber dividir o trabalho e a família, ser pontual com os horários de atendimento ou lançamento de produtos e, acima de tudo, praticar preços que sejam condizentes com os produtos e serviços oferecidos.

Isso porque, nós, como consumidores avaliamos o empreendimento o tempo todo, analisamos o produto, os serviços, o atendimento, o estabelecimento, e, principalmente, a pontualidade e continuidade dos serviços.

Portanto, é importante ser pontual, comprometido, profissional, e entregar serviços com muita qualidade.

 

6. Deixar de Investir em Treinamento/Aperfeiçoamento

 

Um negócio de sucesso, com certeza, depende do sucesso profissional do empreendedor ou dos trabalhadores.  O aperfeiçoamento profissional dos empregados, gerentes e até mesmo dos patrões está diretamente relacionado com o sucesso do negócio.

Atualmente as coisas têm mudado muito rápido. O conhecimento e a informação estão muito dinamizados. As mudanças ocorrem em uma velocidade muito rápida e constante. Por isso, é importante estar sempre atualizado e modernizado, aprender e aplicar conhecimentos novos.

A estagnação dos métodos de trabalho, dos tipos de serviço e da própria empresa, é também um dos erros comuns que novos empreendedores cometem e que criam uma imagem ruim para o seu negócio. É necessário atualizar-se e aprimorar-se passando novas ideias para a clientela. Ainda que seja uma pequena mudança, é importante passar a imagem de que o negócio está melhorando. Isso ajuda a criar um ambiente de sucesso.

Se você achar que não tem recursos, pense que as mudanças podem ser simples, como oferecer um novo serviço, ou mudar o horário de atendimento. Tudo depende do seu ramo, do que será melhor aceito pelo cliente.

 

7. Deixar De Fazer Divulgação

 

A divulgação da empresa, produto ou serviço é fator importantíssima para o sucesso. Estar presente na mídia, nas redes sociais, fazer divulgação do seu negócio, do seu produto, vai aumentar a sua clientela e consolidar o seu negócio.

Mas, é bom saber que a divulgação aumenta a procura e a demanda pelo seu produto ou serviço. E, pra isso, você terá que investir na produção e no estoque. De nada adianta divulgar se não for possível atender a demanda que surgirá.

Hoje divulgar seu trabalho ou negócio ficou muito mais fácil pela utilização das mídias sociais.

A internet abriu espaço para a propaganda informal e formal também. Existe uma gama de possibilidades desde simples postagens até anúncios formais e pagos.

Por isso, você não pode cometer esse erro e deixar de divulgar seu negócio, seja informalmente, seja nas redes sociais, em propagandas convencionais.

 

Agora, que você conhece os 7 erros comuns de empreendedores iniciantes, analise seu negócio, mude o que for preciso e comece a crescer.

Agora vai lá e deixa o seu comentário! Eu vou adorar saber o que você achou.

Maris Pedrini

Leia Mais em:

Como Criar Uma Página no Facebook

Como Configurar Sua Página no Facebook

Como Usar Sua Página Pra Vender no Facebook

 

 

Sobre o autor | Website

Maris Pedrini
Empreendedora Digital

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.